O Data Matrix é um padrão gráfico bidimensional de codificação das informações de um produto que vem se popularizando, e que foi adotado pela ANVISA para fazer a rastreabilidade de medicamentos em farmácias e outros estabelecimentos de saúde.

Neste artigo veremos a evolução do Data Matrix a partir dos códigos de barras 1D, e suas vantagens para aumentar a segurança na prescrição de medicamentos.

O USO DO CÓDIGO DE BARRAS TRADICIONAL: VANTAGENS E LIMITAÇÕES

Antes da criação de qualquer método eletrônico de identificação de produtos, supermercados, lojas e outros estabelecimentos que lidavam com uma grande quantidade/variedade de itens, não tinham outra forma para controlar a disponibilidade e a quantidade de itens disponíves além de fechar o estabelecimento e contá-los todos um por um. Tal método de controle era extremamente trabalhoso e demorado, além de sujeito a erros humanos de contagem.

Com a criação a implantação dos códigos de barras nas décadas de 70 e 80, as empresas de venda de itens em varejo experimentaram uma revolução na sua forma de identificar, vender e fazer o controle de seus produtos.

Os códigos de barras se tratam de faixas pretas de largura variável, distantes umas das outras por espaços de largura também variável. Ao passar um laser ao longo deste conjunto de faixas ao longo de uma direção, a reflexão da luz em padrões pretos e brancos oferece uma forma de ler as informações codificadas. Trata-se portanto de um código unidimensional. O código de barras é barato e prático, e com um simples leitor e um computador pode ser usado para identificar qualquer produto.

As vantagens trazidas pelo código de barras podem ser resumidas abaixo:

  • Rapidez na identificação de produtos;
  • Precisão na cobrança do valor dos produtos;
  • Diminuição massiva no tempo de realização de inventários;
  • Eliminação do erro humano na contagem de estoque;
  • Padronização da forma de controle, barateando o custo de todo o equipamento necessário para tal.

Por muitos anos, o código de barras tradicional foi suficiente para satisfazer as necessidades de qualquer empresa que lida com estoques. Contudo, por causa do aumento exponencial de produtos que precisavam ser identificados, e da quantidade de informações que um código precisava transmitir, os códigos de barras começaram a se tornar cada vez mais compridos, até que o limite do comprimento da embalagem dos produtos começou a torná-lo inviável para conter tantas informações. Por esta causa, foram criados padrões bidimensionais de códigos, entre os quais está o Data Matrix.

1

DATA MATRIX: UM CÓDIGO DE BARRAS BIDIMENSIONAL

O Data Matrix é um código bidimensional usado para substituir os códigos de barras tradicionais na identificação de produtos. Ele pode ser encontrado em dois formatos: quadrado e retângulo. Por utilizar duas dimensões para representar informação digital, o Data Matrix oferece uma redução extrema do espaço físico que ele ocupa na superfície de um produto ou embalagem, superando a principal limitação dos códigos de barras tradicionais.

Por ser um código bidimensional, a leitura do Data Matrix Code não é feita por um simples laser que varre o código em uma direção, mas sim por leitura fotográfica do código e posterior reconhecimento dos padrões. Embora este processo seja muito mais complexo que o de leitura por laser, atualmente as ferramentas digitais com câmeras fotográficas se popularizaram a tal ponto que qualquer dispositivo móvel com câmera e software de reconhecimento (como celulares e tablets) pode servir como leitor do Data Matrix.

Devido ao avanço atual da tecnologia de impressão e leitura de dados gráficos, o Data Matrix pode ser impresso em diversos tamanhos, desde dimensões de um metro quadrado (usada no teto de vagões) até 300 micrômetros (usada em microcomponentes eletrônicos).

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) adotou o Data Matrix como o padrão bidimensional de código usado para fazer a rastreabilidade de qualquer produto no país, o que demonstra a qualidade técnica do padrão.

Desta forma, todas as vantagens do código de barras tradicional são mantidas, e a elas se somam as seguintes vantagens:

  • Uma grande quantidade de informação pode ser representada pelo código;
  • A dimensão de impressão pode ser tanto micrométrica quanto bastante extensa;
  • Qualquer dispositivo com câmera eletrônica e software de reconhecimento pode ser usado para ler o código;

2

APLICAÇÕES DO DATA MATRIX NA ÁREA DA SAÚDE

Conforme já mencionado no artigo PORQUE INVESTIR NA AUTOMAÇÃO DA SUA FARMÁCIA É UM BOM NEGÓCIO, é bastante vantajoso utilizar o Data Matrix em hospitais para aumentar a segurança na prescrição e administração de medicamentos aos pacientes.

Ao fazer o controle automático do estoque de medicamentos em um hospital, garante-se que o item correto será identificado pelo responsável do estoque e será administrado ao paciente sem erros. Da mesma forma, fatores como a validade dos medicamentos não oferecerão mais riscos ao paciente.

Além da maior segurança no tratamento do paciente, o uso do Data Matrix incorre em diminuição de custos, pois o recebimento de produtos é feito de forma mais rigorosa e controlada, evitando desperdícios e compras desnecessárias. Isto ocorre porque a contagem de itens será feita de forma automática, bastando ao profissional identificar cada item que for recebido com um leitor eletrônico. Sendo assim, garante-se um registro correto e facilmente acessível pelo sistema informático do hospital, o que impede que itens cuja validade está próxima do vencimento não fiquem esquecidos nas prateleiras do estoque. Controlando-se os itens em estoque, evita-se também a imobilização de recursos financeiros em compras desnecessárias de medicamentos que ficarão parados no estoque por muito tempo.

Outro fator de segurança econômica para o hospital é um controle garantido da quantidade de itens que entram no hospital, eliminando o risco de furto por pessoal interno.

Implantar o uso do Data Matrix em um hospital trará diversos benefícios importantes para o estabelecimento, tanto de caráter médico quanto econômico, e é recomendada tanto pela ANVISA quanto por qualquer empresa de consultoria em automação de hospitais.

3

CONCLUSÃO

Neste artigo apresentamos o Data Matrix como o padrão bidimensional de código de rastreabilidade de produtos adotado pela ANVISA. Suas vantagens em relação ao código de barras tradicional foram descritas, e os benefícios de sua aplicação na área da saúde foram explicitados.

Até a próxima!

About Quebeck

A Quebeck é uma consolidada empresa de soluções em automação de processos e controle de dados, atuante desde 1997 em todo território nacional. Traduzimos tecnologia em negócios rentáveis através da consultoria em automação de processos e controle de dados. ;)