A gestão, manutenção, administração de processos e o investimento em indústrias não é nada fácil. Ainda mais quando o que resta é a sensação de que o dinheiro está indo mais ralo a baixo do que trazendo lucros.

Quais são os 5 fatores mais importantes para que você saiba se sua indústria está perdendo dinheiro?

#1 Desperdício

A forma mais fácil e rápida de perder dinheiro é desperdiçando. Seja em produtos, materiais, transporte, erros, investimentos ou de espaço em armazéns, o desperdício é quase sempre evidente nas contas, mas imperceptível para quem o pratica.

É muito mais fácil analisar o desperdício se houver ferramentas de controle e um ótimo sistema de gestão de produtos e processos, para identificar as causas do problema e cortá-lo pela raíz. Além disso, esses recursos permitem gerar relatórios mensais sobre os serviços utilizados, aumentando o monitoramento e maximizando os lucros.

Evitar o desperdício também é vantajoso no sentido ambiental, pois ajuda a comunidade e o meio-ambiente e pode promover o recebimento de incentivos fiscais do governo por atitudes eco-friendly.

#2  Falta de investimento em tecnologias

Seja em novas tecnologias, para atualizar um sistema já existente, ou obter um sistema de gestão e controle para a sua empresa do zero, recusar a tecnologia é uma teimosia que pode custar os lucros da sua empresa.

No relatório anual da Fast Company, revista de tecnologia e informação com reconhecimento mundial, de 2013, as empresas mais inovadoras do mundo são também as que investem mais em TI. Dentre elas destacam-se a Nike, Amazon, Uber, Pinterest e Target. Mesmo que TI não fosse seu core business, o investimento trouxe destaque nas áreas de aplicativos e novos recursos disponíveis.

Além disso, segundo uma pesquisa da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, as empresas costumam investir pelo menos 6,4% do faturamento em tecnologia da informação.

Para não ficar para trás em relação a seus competidores, melhorar o controle de processos, gerar novos recursos e otimizar serviços, é necessário investir em tecnologia e desenvolvimento.

#3 Serviços redundantes

Há um ditado popular que diz: “Se você está com pressa, faça devagar”. Isso significa que, quando você precisa de resultados rápidos e precisos, é necessário que haja muita cautela e acurácia em cada uma das tarefas realizadas, para evitar o retrabalho.

Com sistemas de automação industrial, é possível otimizar os serviços e descobrir problemas antes mesmo que aconteçam, ou solucioná-los de forma mais rápida, se acontecerem. Você pode, por exemplo, reduzir espaço gasto no estoque e só solicitar que o caminhão retire remessas quando o produto realmente estiver disponível, não gastando combustível e reduzindo a chance de erro para próximo de zero.

Por exemplo, no caso de um envio errado de produto, além de perder a credibilidade do cliente, você perde dinheiro por ter que retornar o produto, realizar o envio novamente e, às vezes, ter que indenizar o cliente, que dificilmente realizará uma compra de sua empresa novamente.

Evitar o retrabalho diminui gastos de forma drástica, aumenta a credibilidade e a confiança de clientes e ajuda a conquistar novos clientes com seu compromisso e qualidade.

#4 Funcionários improdutivos

A improdutividade pode ter inúmeras causas e fatores agravantes. Segundo Eduardo Fernando Campos, pós-graduado em Engenharia de Produção Enxuta pelo IETEC, e outras pesquisas realizadas pela Exame e pela agência ProudFoot dentre as principais causas para a improdutividade estão:

  • Perda de tempo;
  • Infelicidade do funcionário;
  • Falta de qualificação de empregados;
  • Falhas na comunicação interna;
  • Desorganização e falta de metas;
  • Desmotivação;
  • E falta de tecnologia ou recursos a disposição.

Vencer essas causas, combatendo a má-qualificação de funcionários, promovendo maior felicidade e motivação, a ausência do retrabalho, de falhas na comunicação e a perda de tempo pode ser o segredo para o aumento de produtividade de seus funcionários e para um melhor desempenho geral da empresa.

#5 Má gestão da informação

Segundo uma pesquisa realizada pelo EDM Group, do Reino Unido, 62% dos colaboradores entrevistados desperdiçavam entre 1 e 2 horas por semana buscando informações ou documentos perdidos.

O que isso quer dizer para a sua indústria? Caso um produto, nota fiscal ou registro não possa ser localizado, o desperdício de tempo de funcionários pode chegar a 105 horas por ano. Considerando o salário mínimo médio de um funcionário da indústria, o gasto total anual poderia chegar a mais de R$ 6.000,00!

Mais de 50% dos executivos entrevistados acreditam que haverá multas maiores e mais frequentes, por conta da má gestão da informação em seus setores.

Outros números da pesquisa também foram alarmantes:

  • 35% a 50% das informações das empresas não está centralizada ou indexada.
  • 30% do tempo produtivo de colaboradores e funcionários era gasto refazendo trabalhos relacionados à informação;
  • 60% do tempo produtivo era gasto em procura e comunicação a respeito da informação;

Investir na centralização da informação e no controle preciso dela evita com que você desperdice tempo e dinheiro, podendo dedicar mais tempo a novos projetos e obter mais retorno.

Com os serviços de automação industrial oferecidos pela Quebeck, você poderá obter controle completo sobre os processos, serviços e produtos da sua indústria, evitando o desperdício e maximizando lucros, possibilitando com que sua empresa possa investir ainda mais em recursos e crescer.

 

Entre em contato conosco para solicitar consultoria em Automação Industrial e descobrir a melhor solução para a sua empresa.

Tenha um objetivo. Nós o tornaremos realidade!

About Quebeck

A Quebeck é uma consolidada empresa de soluções em automação de processos e controle de dados, atuante desde 1997 em todo território nacional. Traduzimos tecnologia em negócios rentáveis através da consultoria em automação de processos e controle de dados. ;)